No entrelaçamento entre Saúde e Arte, a GAIA lança, nesse ano de 2017, a primeira edição do Programa GAIA| RESIDÊNCIA ARTÍSTICA.

A proposta é fomentar trabalhos artísticos que cruzem seus processos criativos com processos psíquicos.

Dentro desse programa de residência, além de oferecer espaço de ensaio para o artista residente, formamos uma equipe interdisciplinar de psiquiatra e artistas da dança, para acompanhamento e discussão do processo de criação.

A partir da curadoria dessa equipe nuclear, recorremos à nossa rede de profissionais parceiros para encaminhar outras demandas do processo como: terapeutas, psicólogos, videomaker etc.

Busca-se impulsionar tanto o processo criativo quanto o processo particular do artista fazendo “face” à questão central que o mobiliza para realizar sua criação.

Em novembro desse ano inauguraremos nosso programa de RESIDÊNCIA com o solo de dança AMBULATORIAL da bailarina Amanda Correa, que tem desenvolvido seu processo dentro da GAIA desde março de 2017.

AMBULATORIAL

Inserido no contexto da GAIA| RESIDÊNCIA ARTÍSTICA esse solo de dança nasce a partir das memórias, sentimentos e sensações psíquicas e físicas vividas pela intérprete na rotina de um tratamento psiquiátrico no Ambulatório de Transtornos Alimentares (Ambulim), vinculado ao Instituto de Psiquiatria (IPQ – USP).

A proposta da criação AMBULATORIAL é evocar essa experiência para o gesto dançado, trazendo um corpo que permitiu-se criar a partir dos afetos produzidos pelo contato com profissionais da área da saúde, familiares, medicamentos, diários, privadas e pipocas.

Ficha Técnica:

Concepção e curadoria da residência artística: Carmen Morais e Leandro Savoy.

Concepção e interpretação do espetáculo: Amanda Correa

Direção artística e preparação corporal: Carmen Morais e Thais Ushirobira (Artistas da Dança)

Orientação sobre os aspectos psiquiátricos de transtornos alimentares: Leandro Savoy Duarte (Psiquiatra especialista em Transtornos Alimentares pelo Hospital Saint Anne – Paris/França)

Orientação psicológica: Francine Pezzeta  (terapeuta corporal e integrante do grupo “Diálogos Formativos” de supervisão de Denise Passos)

Videomaker: Diego Lajst

Concepção de texto e orientação antropológica: Renato Muller (Antropólogo)

REALIZAÇÃO E APOIO: GAIA SAÚDE.